Conheça o Livro Santa Teresa: mística e humanização de Lúcia Pedrosa-Pádua

Clique aqui para mais informações

V Centenário de Santa Teresa

Já temos um site de comemoração do V Centenário de Nascimento de Santa Teresa de Ávila em várias línguas.

http://www.paravosnaci.com/

Clique no link acima para saber sobre a preparação para a V Centenário, as notícias, textos de estudo, blog e muito mais. Aqui apenas um texto ‘aperitivo’ para aguçar a gula de saber….

“Existiu uma vez uma mulher que vivia num tempo em que, mais que hoje, os varões controlavam a história, impelidos por uma insaciável sede de poder que os levava a enfrentar-se em muitas guerras, e a explorar povos inocentes. Viveu atrás dos muros de um convento de clausura, e estando ali chegaram as noticias que falavam de enfrentamentos até entre os que professavam a mesma religião, de pessoas que morriam sem conhecer ao Deus que ela amava.

Assim tocou e sentiu toda a dor do mundo, toda a dor de um tempo, e o contemplava enquanto tinha a sensação de que não podia fazer nada, porque era mulher e só por ser mulher era já uma suspeita, porque quase não podia pronunciar palavra nenhuma, pois que por aqueles que a escutariam não era considerada e também era considerada incapaz.

Essa mulher era Teresa de Jesus que aos 28 de março de 2015 vão se cumprir 500 anos de seu nascimento. Como agora sabemos, e ela também soube que a historia é “manipulada” por uns poucos, mas nunca acreditou que não poderia mudar nada. Talvez esteja aqui a principal diferença entre ela e nós.

Diante de Deus o sentiu como Amigo e Mestre. Como Livro Vivo onde compreender sua própria verdade e a verdade do mundo. Em Cristo, seu Amado, Deus se revelava preocupado pela história, preocupado pelos homens e mulheres de todos os tempos, preocupado por ela.

Teresa soube que, doando a vida por todos, Jesus lhe tinha marcado um caminho e pedia para seguir suas pegadas e que, caminhando com Ele, também ela poderia contribuir para mudar a história, para transformar a cidade terrena em cidade de Deus, para desenhar sobre este mundo o Reino. E se colocou a caminho.

Fundou pequenas comunidades de mulheres engajadas em demonstrar ao mundo que o amor pode mudar o rumo da história. Nela, sua filhas viviam ( e vivem ainda hoje) amando-se umas às outras, capazes de renunciar a tudo em favor dos outros, sem impor-se, sem vencer à tentação da avareza e a preocupação exagerada por nós mesmos que faz com que deixemos de nos preocupar pelos outros, sabendo que cada homem e cada mulher são um companheiro de caminho e que sua vida é uma palavra que tenho que respeitar e escutar.

Celebrar o V° Centenário de Santa Teresa é, sobretudo, um mergulhar para descobrir que entre as cinzas deste mundo ainda existem brasas de outro mundo possível, mais justo e mais humano. Lembrar à Santa vai ter o poder de fazer-te consciente do quanto podes fazer para que mudem as coisas, se te decides a mudar tu também, a optar por uma vida mais simples e mais comprometida, mais em sintonia com o Evangelho de Jesus, o Evangelho do amor.

Assim conseguiremos que o Centenário não seja uma simples “celebração arqueológica”, nem uma fuga romântica a um passado glorioso que se tem saudades, e conseguiremos convertê-lo num tempo de renovação e reativação espiritual, de rejuvenescimento.

Celebrar assim esta efeméride vai nos ajudar, junto com Teresa, a afrontar o presente e o futuro com coragem, com criatividade e com determinação, apostando por um mundo mais justo, mais solidário em que cada pessoa possa descobrir que é única e insubstituível, que é amada e que está chamada a ser feliz, mas que não será se ficar fechada em si mesma e não ser capaz de abrir-se a Deus e aos outros.”

fonte: paravosnasci.com

Deixe um Comentário

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>