Conheça o Livro Santa Teresa: mística e humanização de Lúcia Pedrosa-Pádua

Clique aqui para mais informações

Santa Teresa: mística para o nosso tempo

Santa Teresa: mística para o nosso tempo

Santa Teresa D’Ávila, ou Santa Teresa de Jesus, é uma mulher fascinante. Quase tudo o que sabemos dela nos vem através de sua própria pluma. Em suas obras deixou-nos sua vida, seu pensamento, seus sentimentos. Por isso sua pessoa segue seduzindo, impressionando e oferecendo possibilidades distintas de leituras e interpretações. Quem se atreverá a dar a última palavra sobre ela?

Uma das grandes místicas do Ocidente. Atuante no seu tempo histórico, com inúmeras obras escritas, poesias e um espetacular epistolário. Empenhou-se na obra de reforma do Carmelo e fundação do Carmelo Descalço. Propôs um estilo de vida cristã simples, orante e operante, baseado na amizade com Deus. Em 1970, a Igreja Católica a declarou Doutora da Igreja.

Entre suas obras principais encontramos Livro da Vida, Fundações, Caminho de Perfeição e Castelo Interior ou Moradas, livros publicados ininterruptamente até a atualidade, em inúmeras línguas no Ocidente e no Oriente.

Nasce na cidade de Ávila, Espanha, no século XVI. Vive um tempo de grande poder político e econômico espanhol. Para as mulheres audazes, orantes e atuantes como Teresa, eram tempos difíceis, “recios”. Sua obra se desenvolve em um contexto oficial radicalmente anti-feminista, que, segundo suas palavras, desconfia de toda virtude de mulher. A Inquisição sequestra seu Livro da Vida durante doze anos e a interroga em Sevilha (75/76).

Enfrentou inúmeros desafios em seu tempo, mas soube viver e abrir um corajoso caminho de vida e oração. Suas imagens e símbolos atravessam os séculos. Teresa traduz, de maneira muito humana, cálida e estimulante, a relação entre mística e ação, e a vocação de todos e todas ao diálogo com Deus.

Por tudo isso, e mais, ela pode estimular a mística para o nosso tempo.

Lúcia Pedrosa

Deixe um Comentário

  

  

  

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>